Uso da tecnologia indireta na avaliação do comportamento ingestivo de bovinos

Com o advento da modernização, o setor agropecuário tem intensificado os estudos com o objetivo de desenvolver tecnologias que contribua para a avaliação do comportamento de forma menos trabalhosa em comparação ao método direto utilizado tradicionalmente.

Nesse sentido, uma nova tecnologia vem sendo desenvolvida no Brasil, pela empresa gaucha “Chip Inside” com o objetivo de avaliar o comportamento dos animais de forma menos trabalhosa, sem a necessidade de uma avaliação direta. Essa tecnologia são as coleiras C-Tech, que acopladas ao redor do pescoço de cada animal, e, por meio de um sensor, registram e arquivam até 27 horas de dados sobre o posicionamento do animal.

As coleiras são compostas por uma cinta de fixação de grande resistência e sensores de aceleração, que são capazes de determinar o tempo que cada animal dedica à ruminação, à atividade e ao ócio dentro de cada hora, durante as 24 horas do dia. Todas as informações são armazenadas em uma memória interna e posteriormente transferidas para o software (Chip Inside, 2013).

Os diferentes tipos de movimento detectados pelo aparelho conseguem definir se o animal está em atividade, em ruminação ou parado em estado de repouso. A transferência das informações da Coleira C-Tech Healthy Cow para o software é feita cada vez que o animal passa pelo portal onde está instalada a antena (Chip Inside, 2013).

Todas as informações captadas pela Coleira C-Tech HealthyCow são processadas pelo software de gestão de dados Healthy Cow Manager que detalha todo o comportamento do animal ao longo do dia e oferece relatórios exatos e precisos do status do animal.

Através do Healthy Cow Manager é possível obter:

  • Gráficos detalhados de atividade, ócio e ruminação de cada animal.
  • Alerta de variações de bem-estar, saúde animal e conforto.
  • Histórico do comportamento do animal.
  • Comparativo de comportamento noite/dia

Inicialmente essa coleira foi desenvolvida para o monitoramento de vacas leiteiras, com a finalidade de detectar possíveis alterações no comportamento padrão dos animais, e assim poder identificar a ocorrência de cios, e diagnosticar com antecedência alguma enfermidade. Mais recentemente as coleiras estão sendo testadas em bovinos de corte.

Ainda é restrito a disponibilidade de dados obtidos através desse equipamento em bovinos de corte, no entanto é uma técnica promissora e que pode contribuir com a realização de avaliações precisas e menos trabalhosa.

 

Referências 

Coleiras C-Tech

Tecnologias para pecuária de precisão. Chip Inside. Disponível em  <www.pt.chipinside.com.br> Acesso em: 01 nov. 2017.

Sobre João Wilian Dias Silva

João Wilian Dias Silva
Técnico em Agropecuária pela Escola Família Agrícola de Caculé, Atualmente Graduando em Zootecnia -UESB, bolsista de iniciaçao científica, 22 anos

Veja Tambem!

Dark House: Tecnologia americana aumenta produção na avicultura

Com luminosidade e temperatura controladas 24 horas por dia, um sistema americano de criação de aves começa …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by moviekillers.com