Vice-presidente da WWF vai ao Zootec 2017 para falar sobre produção sustentável de alimento

imagem: meioambiente.culturamix.com

Em palestra, brasileiro Carlos Saviani debate os impactos da produção de alimentos para o planeta

O XXVII Congresso Brasileiro de Zootecnia – Zootec 2017, maior e mais completo evento do setor, contará com uma palestra do vice-presidente de Alimentação Sustentável da WWF (Word Wildlife Fund), o brasileiro Carlos Saviani.  Zootecnista formado pela Universidade de São Paulo (USP), Saviani lidera os esforços da organização para promover a produção e consumo sustentável de carne, frutos do mar e produtos lácteos.

Em sua palestra “Produção Sustentável” vai abordar os impactos da produção de alimentos para o planeta, a atuação da WWF nesse campo, os avanços obtidos na sustentabilidade da pecuária e os futuros desafios do setor.

Saviani possui 25 anos de experiência em desenvolvimento e implantação de projetos focados em sustentabilidade, proteínas animais, eficiência na produção de laticínios e carne bovina, gestão de relacionamento com clientes, estratégia, marketing e inovação.

Atualmente, o zootecnista integra os conselhos da Mesa Redonda Global para a Carne Sustentável (The Global Roundtable for Sustainable Beef – GRSB) e da International Egg Foundation. Antes de ingressar no WWF, Saviani ocupou altos cargos de marketing e estratégia na ABS Pecplan, Pfizer e Merial.

Para ele, o Brasil tem potencial para ser o maior produtor de alimentos do mundo, sem avançar sobre novas áreas. E o profissional de zootecnia tem papel de destaque nessa tarefa.

“O Brasil tem o potencial para ser o maior produtor de alimentos do mundo e pode fazer isso sem destruir a sua natureza, como infelizmente outros países já o fizeram. Inclusive a agropecuária precisa de toda a natureza que temos e dos ecossistemas que a fornecem serviços importantíssimos como reciclagem e proteção da água, proteção contra extremos climáticos, captura de CO2, controle de pragas e doenças, polinização de plantações e pomares, etc. Sem falar no direito social de operar, pois a sociedade espera que o setor agropecuário proteja e não destrua a natureza do país. Então, para aumentar a produção teremos que ser muito mais eficientes no uso das terras já abertas, dos recursos naturais e dos milhões de hectares que já temos de pastagens, na sua grande maioria degradadas e subaproveitadas. E é aqui que entra o zootecnista! Com todo o seu conhecimento técnico, gerencial e estratégico em como aumentar a produção de uma forma mais eficiente e sustentável. Acredito que os zootecnistas, assim como os agrônomos podem ser os maiores agentes de sustentabilidade do pais!

A entrevista completa de Carlos Saviani estará na próxima edição da revista Zootecnia Brasileira, que circulará durante o Zootec 2017.

Sobre o Zootec 2017

Com o tema central: “Inovação e Empreendedorismo para o Agronegócio Pecuário”, a Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ), a Universidade de São Paulo (USP) por intermédio da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) e a Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) promovem, de 22 a 24 de maio de 2017, o XXVII Congresso Brasileiro de Zootecnia – ZOOTEC 2017, o maior e mais completo evento do setor no Brasil.

O ZOOTEC reúne empresários, profissionais, pesquisadores e estudantes de graduação e de pós-graduação das ciências agrárias empenhados no desenvolvimento de potencialidades no campo do complexo agroindustrial, com enfoque nas cadeias que envolvam produtos e serviços voltados para a produção animal. 

Em sua 27ª edição, o evento será realizado no Mendes Convention Center, em Santos (SP).

Maiores informações e inscrições podem ser feitas pelo site: http://abz.org.br/zootec2017/

imagem: meioambiente.culturamix.com

Sobre Pedro Paulo Policiano Públio

Pedro Paulo Policiano Públio
Graduando em Zootecnia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB, integrante do grupo de estudo em Suplementação de Bovinos a Pasto. Estudante com ênfase em Nutrição e Alimentação Animal. Amante de equinos e informática. Idade, 24 anos.

Veja Tambem!

Utilização da uréia na alimentação de bovinos

A uréia é um composto sólido, nitrogenado não protéico derivado do petróleo. Ao alcançar o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Powered by moviekillers.com